Abraham Palatnik no CCBB - Webnáutico
banner

Abraham Palatnik no CCBB

Abraham Palatnik ao lado de sua obra DESTAQUE

A exposição “Abraham Palatnik - a reinvenção da pintura”, que já passou por Porto Alegre, Brasília, São Paulo e Curitiba, chegou ao Rio e agora traz uma retrospectiva dos 70 anos da trajetória do artista brasileiro, um dos pioneiros da arte cinética, conhecido mundialmente, ao lado de nomes como do artista americano, Alexander Calder.

Ao todo são apresentadas 92 obras, através de artigos de pintura, história da arte e também mecânica de motores. A exposição, apresentada agora no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro.

A versatilidade de Palatnik, produzindo peças únicas como aparelhos cinecromáticos e obras com movimento mecânico e objetos cinéticos, ajudou a posicionar o Brasil em um novo campo de produção de arte no cenário mundial.

O artista chegou ao Rio de Janeiro há 55 anos atrás, aos 19 anos, e se diz extremamente inspirado pelas belezas da cidade e por suas experiências como morador.

AC Arte Cinetica 1

Outro fato que também o influenciou, foi o contato que teve com a arte feita por internos do Hospital Psiquiátrico Pedro II, no bairro Engenho de Dentro, em 1949.

A partir desta experiência, Palatnik optou por abandonar a pintura figurativa e então começou a desenvolver trabalhos e pesquisas com luz e movimento, iniciando assim a criação de suas obras cinecromáticas.

Palatnik continua em atividade em seu ateliê, revisitando quase todas as suas fases e descobrindo novos caminhos. A retrospectiva no Rio terá três obras inéditas, todas em placas de acrílico cortadas a laser em filetes, depois reagrupados para formar imagens abstratas.

Algumas de suas obras trazem imagens conjuntas de motores, lâmpadas e engrenagens. Visitando a exposição, que conta com a curadoria de Pieter Tjabbes e Felipe Scovino, será possível conhecer pinturas, objetos cinéticos, aparelhos cinecromáticos e até mesmo mobiliário do artista potiguar.

A exposição iniciou no dia 01\02 e irá até o dia 24 de abril, no Centro Cultural Banco do Brasil, localizado na rua Primeiro de Março, 66, no Centro do Rio de Janeiro. A entrada é franca e os horários para visitação são de 9h às 21h.

 

Saiba mais:

http://culturabancodobrasil.com.br/portal/abraham-palatnik-reinvencao-da-pintura/