Porsche Cayenne chega à sua terceira geração - Webnáutico

Porsche Cayenne chega à sua terceira geração

2019 porsche cayenne 6 DESTAQUE

O SUV Porsche Cayenne, o modelo responsável por transformar a marca alemã em uma das montadoras mais lucrativas do mundo, vai para a sua terceira geração, que foi revelada na cidade de Stuttgart.

O Cayenne foi construído sobre a nova matriz modular MLB, a mesma base de outros SUVs do Grupo Volkswagen, como o Audi Q7. O modelo ficou maior, mas também mais leve. A distância entre-eixos foi mantida em 2,89 m, porém o comprimento cresceu 7,62 cm, totalizando 4,92 m. O resulto foi maior espaço interno para os ocupantes e mais 15% de capacidade do porta-malas, totalizando 770 litros com o banco traseiro levantado. Para se comparar, a geração atual tem 670 litros de capacidade.

2019 porsche cayenne 7

Por outro lado, o modelo da Porsche ficou até 65 kg mais leve que seu antecessor, graças ao uso de aços de alta resistência e outros materiais em sua estrutura. Todos os painéis externos são de alumínio, incluindo o piso, enquanto o uso de bateria de íons de lítio ajudou no corte de 10 kg.

2019 porsche cayenne 14

O Cayenne chega nas versões básica e S. A versão básica vem com motor 3.0 V6 turbo de 345 cv de potência e 45,90 kgf.m de torque, 40 cv mais forte que o anterior. Com esses números, o modelo de entrada acelera de zero a 100 km/h em 5,9 segundos (1,7 segundo mais rápido), com velocidade máxima de 244 km/h.

2019 porsche cayenne 13

Já a confirguração S é equipada com propulsor de cilindrada menor, de 2,9 litros, também V6, porém sobrealimentado por dois turbos para entregar 446 cv e 56,13 kgf.m - 20 cv a mais. O Cayenne S vai de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos (meio segundo mais rápido), com máxima de 265 km/h. Ambas opções contam com tração integral e transmissão automática de oito marchas. A linha vai contar com rodas de alumínio de 19 a 21 polegadas e esterçamento das rodas traseiras como item opcional.

2019 porsche cayenne 5

A configuração de entrada pode trazer opcionalmente suspensão pneumática adaptativa, que é oferecida de série no Cayenne S. Nos próximos meses vão chegar novas versões, incluindo híbrida, Turbo e GTS, dentre outras.

Os destaques tecnológicos incluem freios de aço revestidos de tungstênio-carboneto nos modelos com rodas de 20 e 21 polegadas, que reduzem a distância de frenagem com menor desgaste - os freios de carbono-cerâmica seguem como a opção mais cara e sofisticada nesse quesito. O SUV ainda oferece como opcionais recursos de assistência e condução semi-autônoma presentes no Panamera.

2019 porsche cayenne 11

Por dentro, o Porsche Cayenne está mais clean. O console central trocou a grande diversidade de botões físicos para dispor dos comandos em telas sensíveis ao toque ao redor da alavanca de câmbio. Muitas funções também passam a ser operadas por meio da central multimídia de 12,3 polegadas. Já painel de instrumentos mantém o conta-giros analógico centralizado e acompanhado de duas telas coloridas de alta resolução e sete polegadas.

O novo Cayenne começa a ser vendido na Europa nos próximos meses e terá lançamento nos Estados Unidos em meados de 2018, com preços sugeridos a partir de US$ 65,7 mil (cerca de R$ 208 mil na conversão direta) para o modelo básico e de US$ 82,9 mil (R$ 262,5 mil) para a versão S - ambas ficaram US$ 5 mil (R$ 15,8 mil) mais caras. A novidade deve desembarcar no Brasil ao longo do próximo ano.

 

Saiba mais: https://www.porsche.com/usa/models/cayenne/cayenne-turbo-models/#from=/usa/models/cayenne/cayenne-turbo-models/cayenne-turbo-s/